segunda-feira, março 19, 2007

Talvez eu tivesse aquilo que achava não ter.

Tá tudo estranho.
Tudo entranha.
Entranhas se revirando.

E o 'fígado' doendo.
por que um abraço tão bom?

Eu devia saber. Certo?
Estar preparada. Certo?
Então por que não dói menos?

7 palpites bem-vindos!:

Mia disse...

Diandrão,
gostei do seu texto...acho q é verdadeiro...e eu entendo...
te amoo!
beijo!!!

Junior Ferro disse...

Diiii...
Adorei teu blog, li ele TODINHO, vou colocar um link dele no meu blog e vou firar leitor assíduo...
Lindo!
E destaque para as "letrinhas ordenadas" com PERFEIÇÃO em: "Apenas comum" e "A Luz não acende mais?"

se vc tiver paciência, dah uma passadinha no meu depois também!!

bjin!!!

Lucas Neiman disse...

Diandra !!

você escreve tão bem...
você é tão perfeita

me espelho em você sabia?
uhaauhuha
mais nunca chegarei aos pés
=]

amo-te demais

Camila disse...

Oi moça, tudo bem?
Faz tempo que não escrevo aqui!
Legais seus últimos poemas! :)

Beijos!

Gustavo disse...

Quer dizer que além daquilo tudo que pouco sei Diandra também escreve.

pasmo!

Beijos!!!


Brasilia Amarela

Eu te amo disse...

Diandra !

tenho que te confessar
que estou completamente apaixonado por você!

eu peno em você todos os segundos da minha vida...

eu sonho em viver com você pra sempre ao meu lado.

Quero te ter comigo, quero poder amar-te, abraçar-te, e beijar-te todos os dias...

Prometo amá-la eternamente.
Fique junto comigo
Por favor !

Eu te amo mais que tudo nesse mundo!

Diandra disse...

oxi maria


quem é você fio?