domingo, janeiro 18, 2009

Como um dia de Domingo...

E ele vai chegando. Lenta e desapercebidamente. Você sai, se diverte, ri com a sua amiga chamando a calopsita de Querupita e perguntando quem diabos é Nirvana. Aí você dorme. Acorda meio dia, come a comidinha que sua mãe fez pro almoço. Talvez você assista um filme, ou um capítulo de Gossip Girl. Liga o msn, como quem não quer nada. Só para ver o que está rolando. Aí você assiste American Idol. Dá risada com as bizarrices, chora nas partes que eles fazem especialmente para você chorar, com aquela trilha sonora do Lifehouse.
Se espreguiça, pensando em como é bom ficar à toa de vez enquando. Só para saber como é o oposto dos seus dias malucos de trabalho alucinado, de chefe no seu pé, de telefone tocando o dia inteirinho, de e-mail pipocando a todo instante no seu outlook.
Aí, sem querer, o America Idol acaba. E ainda sem querer, você bate o olho no relógio que fica no cantinho do computador. Ou então, muda os canais procurando algo para assistir. E... meu deus. O Zeca Camargo já está na televisão! Meu Deus! É domingo. E - céus - ele já terminou!
E a qualquer segundo próximo, o seu irmão vai entrar por aquela porta. E ele vai levar o laptop das suas mãos. Por que o laptop é dele e ele tem direito. Por que ele já foi bom o suficiente em te deixar o computador para o final de semana. E aí você descobriu as maravilhas que é um desses. A liberdade que ele te dá. E você pode deitar na cama, sentar no sofá... até levar pro banheiro, se você for desse tipo.
E aí você lembra que, pior que a falta de liberdade que o seu pc te oferece, é que o teu hd está quebrado. E seu windows pegou birra de você e não quer mais ligar, só quer saber das delícias de reiniciar. E você não vai poder escrever, por mais vontade que você esteja sentindo esses dias.
E não vai poder ver os filmes que tinha baixado antes da tpm do seu próprio computador.
E não vai poder teclar com aquele tchutchuco que sempre te deixa com um sorriso no rosto. Nem com aquele mala do Rio de Janeiro que você bloqueou, ou com aquele outro com o sorriso bonito de BH que sempre quer ver tua calcinha e você também bloqueou. A verdade dolorosa, amigos e amigas, é que você não vai poder teclar com ninguém. Nem bloquear ninguém.
Nos próximos cinco dias, seus amigos serão o motorista do fretado, o menino da TI... e as chefes. E, por mais que você queira muito, com muita força, você não vai poder bloqueá-los.
A vida não é um MSN. E muito menos só feita de finais de semanas. E a vida não é tão boa quanto o laptop.
Aprenda isso o mais cedo que você puder e sua sorte pode ser melhor que a minha.

10 palpites bem-vindos!:

Ana disse...

Nossa! vc ta inspirada hj! tenho que concordar TOTAL com a parte do laptop! eh um sonho! AHHAHA
e eh por isso que eu odeio domingos! principalmente anoite. pq isso indica q ja vai tudo comecar all over again.

Carolina Alves do Couto disse...

Adorei aqui .
Me diverti com teus posts ^^

uhsushsushuas

BeeijO

Marcos Satoru Kawanami disse...

"A vida não é filme", revelou-me um estudante na Escola de Minas de Ouro Preto, quando eu tinha 18 anos.
Na FIOCRUZ do RJ, verifiquei na prática toda a burocracia daquelas palavras...
Na prefeitura aqui de Nhandeara-City, o relógio de carimbar cartão-de-ponto seguia a mesma cartilha.
Só mesmo lecionando em Dumont vivi um lindo filme, mas o TOC não permitiu que eu vivesse sozinho sempre cismado que o gás do fogão estava vazando, e etcs do gênero.
Hoje, de volta ao roçado, consola-me suar livre ao ar livre, o escapismo da literatura: "Os homens do campo vivem com a mão na inchada." :-P

Gabbis disse...

Amiga, acho que os seus textos deveriam parar no Fantástico. Já pensou as cenas hilárias???? Juro que morreria de rir, como acabei de faze-lo agora.


beijokas

Jhenifer Pollet disse...

caramba... que relato verídico! amei e é bem assim mesmo... como minha mae fala...a vida é bem mais que dormir ateh tarde, do q ficar com a companhia de um computador no sabado e no domingo... mas mesmo assim, mesmo que eu saia no find, ainda sinto falta do meu pc... hahaha amei o post! realmente mt legal! :*

Sarah Caramelo'S disse...

Meninaaaaaaaaaaaaaaaaa, adorei aqui.
Primeiro- você tá fazendo jornalismo, o que é o meu sonho !
Segundo- você é uma colaboradora capricho, tá que isso não é muito importante pra mim maas, bem que eu queria ter meus textos escritos alí.
Terceiro- você escreve muuuuuuuuito bem, parabéns.
Quarto- Você gosta de Teatro Mágico *-*
Eu adorei você HUAUHAUHAUHAU'
:*

Luiza Silvestrini disse...

Hahahaha... Eu adoro ler seu blog.

Mas ó... Não existe nada que não possa piorar, viu... Eu, por exemplo, escuto a musica do Fantástico na redação. Trabalho no domingo à noite, se isso te conforta! hahaha...

Marcos Satoru Kawanami disse...

Vi vc na sua baia (é baia que chama?), e fiquei lembrando do meu tempo de escola quando vi uma reportagem dizendo que um jornalista formado naquela época levaria 30 anos para chegar a um jornal grande.
Bobagem..., eu deveria ter cursado Jornalismo.

Naty disse...

To tentando ficar um pouco longe do pc, mas este vicio maldito me chama...
E deveriamos ter dois domingos na semana, é tao bom esse prazer de nao ter nada pra fazer!

Bjoks
www.astrolouk.zip.net

Mayana Carvalho.♥ disse...

Quem dera se a vida fosse um msn!
Mas não é, e não se pode fugir das situações da mesma forma que foge lá!

Amei seu blog!