segunda-feira, dezembro 03, 2007

Sessão: Conselhos da Didjoka

Há menos de um mês para o final do ano, só o que me ocorre a fazer, além de reclamar minhas merecidas férias é voltar com meus velhíssimos conselhos:

• Conselhos da Didjoka repaginados •

Aproveite cada momento com seus amigos. Quanto mais velho a gente fica, mais cresce a importância do trabalho, maiores são as responsabilidades e menos tempo sobra para passar os fins de semana jogado na cama, vendo 283 filmes, comendo brigadeiro de colher, comentando os detalhes e pausando para contar algum babado que tinha esquecido.

Faça aquilo que te faz feliz. Ceder é bacana, racional e necessário, mas se você passar a vida apenas cedendo ao que os outros impõem, você chegará aos 70 anos e se entristecerá pela vida que deixou de viver e por não ter sido tudo o que poderia.

Apaixone-se ♥ . Quem diria, EU aconselhando isso? Pois é. Mas me obedeça. as pessoas ficam mais maleáveis quando apaixonadas, riem de tudo, acham graça das coisas bestas, reclamam menos, vivem mais intensamente, aprendem coisas que não são ensinadas nas salas de aula, constroem momentos que ficarão na lembrança para sempre e boas histórias para contar para os filhos, os netos e para mim, que estou viciada em histórias de amor. [me conte a sua!]

Viaje! É a melhor coisa que você pode fazer por si mesmo. Ir para a casa da tia, nos cafundós do Judas, todas as férias pode ser divertido, como tooodos os anos... mas que tal tentar fazer um pouco diferente? Ir para mais longe, conhecer o desconhecido, se jogar em um lugar onde você não conhece, tentar fugir dos programinhas batidos, que todo turista faz, estar aberto para conhecer pessoas de toda parte, com todas as diferenças únicas que fazem as relações humanas serem tão..de-li-ci-o-sas? [Preste atenção no próximo conselho!]

Mude!!!!!!! Oh yeah! Ser a mesma pessoa sempre é um saco! A gente acaba enjoando e os outros também. Mude o caminho que faz todas as manhãs, mude o pedido no Mc Donalds ou na padaria, mude de shampoo, mude de ambientes, mude a balada onde você bate o cartão, mude o destino das férias, mude o idioma que você vai falar hoje, mude seu jeito de pensar, mude seu jeito de caminhar, mude as amizades sem largar ninguém, mude a cor do seu quarto, mude o jeito de falar com a sua mãe, mude seu cabelo, mude o humor das segundas-feiras, mude o modo como você olha para as pessoas, mude a senha do msn, mude a ordem das partes que vai ensaboar no banho. Comece pelo pé ao invés do braço esquerdo! [é, eu sei que vc lava o braço esquerdo primeiro] Mude o imutável!

Dance e cante quando tiver vontade!: Seja espontâneo. Sempre!Se der vontade de fazer um barulho esquisito com a boca, faça. Faça caretas, quebre suas próprias regras, rebole até o chão no ponto de ônibus... [ou não]

Aprenda tudo o que puder e o que não puder também: Aprenda outros idiomas, aprenda o funcionamento das coisas, aprenda sobre outras culturas, outras pessoas, aprenda como tirar mancha de vela da roupa, aprenda como fazer uma caipirinha de sakê, aprenda a pendurar meias no varal, aprenda a andar de skate, aprenda artes marciais, aprenda a investir dinheiro na Bolsa de Valores, aprenda a dançar hip hop, aprenda a escrever cartas, aprenda a ler 3 livros ao mesmo tempo, aprenda a calcular seno e cosseno, aprenda alguma teoria da psicanálise, a pirâmide de Maslow e sobre os incas!

Erre: errar é o meio mais eficiente para o aprendizado. Pode ser doloroso, mas é o que nos faz ser quem somos, mudar, crescer e acertar.

Deite no asfalto, numa rua tranqüila [!] e olhe o céu: Faça isso em uma noite quente e bonita, com alguém que você gosta do lado. Tente enxergar a curva que o céu faz. Olhe as estrelas e pense nelas. Imagine que em outro lugar do planeta alguém faz o mesmo que você e tem a vida completamente distinta da sua, mas naquele momento vocês resolveram fazer o mesmo.

Faça diários: é fantástico ler tudo aquilo que você escreveu alguns anos depois. É engraçado ver como os problemas eram pequenos, é bom para ver que tudo se supera, é divertido perceber como mudamos, como as prioridades se invertem, como os amigos mudam, como a gente pensava antes... e pra quem gosta de escrever: é hilário reparar como o estilo muda.

Faça amigos na internet também: [mas não apenas por ela] e depois que a amizade realmente estiver estabelecida, tente trazê-la para a vida real. Faz bem pra alma e você conhece gente do mundo todo, que pode te oferecer um cantinho pra ficar quando for fazer um mochilão! háháháhá


To be continue...
Tá muito comprido já;

7 palpites bem-vindos!:

letícia * disse...

Deite no asfalto, numa rua tranqüila [!] e olhe o céu: ok... nunca fiz isso, vou tentar e se eu parar de comentar é porque um carro passou por cima de mim.. .

do resto pratico tudo e adoro...


bjo *

Elsa Villon disse...

AHAH... o que andou falando de mim, hein?

Esperta? Nada, é o café...

Saudades da veterana mais malvada do mundo!!!!!

mari. disse...

Muito bom os conselhos.
adorei tudinho!
beijinhos ;*

Biaaahhh disse...

Gostei mt do seu post...fikou legal..vou tenar seguir os seus conelhos...mas como uma pesoa disse em um comentario anterior fikar deitada no afalto eh meio perigoso...

|Thamires disse...

como vc sabe q eu esfrego o braço esquerdo 1º?
e me desculpe a ousadia mas sugiro q coloque na lista assim: se for fazer resoluções de ano-novo, cumpra-as! e se ñ fizer melhor! seja feliz agora, ñ deixe para o ano que vem!
a propósito, me desculpe mais uma vez, como vai o Markus?

Giovanna Ferraioli disse...

Olhaaa.. acabei de comentar mas comento de novo..
https://www.blogger.com/comment.g?blogID=36271759&postID=7375421931716309628&isPopup=true

tá aí meu comentário, naquele post da "carta pro Papai Noel" que eu achei liiindo!

hahahaha

Beijos

Biaaahhh disse...

Please(isso eh m importante)leia o recado "atenção...lah no meu blog!!!